quarta-feira, 25 de maio de 2011

Exposição Africanidades abre hoje no Museu de Arte da UFPR

Abre nesta quarta-feira no Museu de Arte da UFPR, no Prédio Histórico, a exposição Africanidades que traz obras de artistas negros.

A mostra, que poderá ser visitada até o dia 30 de julho, das 9h às 18h durante a semana e nos sábados, das 9h às 13 h apresenta trabalhos sobre questões ligadas a ancestralidade negra, como a religiosidade, e temas que envolvem o universo feminino, muitas vezes marcado pela vulnerabilidade e discriminação.

A exposição teve a organização do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros - NEAB por acreditar que ações como essas devem estar presentes no cotidiano da Universidade Federal do Paraná e assim despertar a sociedade acadêmica para a diversidade também nos meios e nas formas de aprender e ensinar.

Sobre a exposição

Somente no final do século XIX e início do século XX os pesquisadores ocidentais reconheceram as qualidades estéticas da arte africana, principalmente por influenciar diretamente a arte moderna européia, sendo facilmente identificada no trabalho de artistas renomados como Pablo Picasso, Georges Braque e Max Ernest. Os estudos sobre arte africana e afro-brasileira ganharam fôlego na década de 1930, contrapondo-se a idéia de que a África era um continente bárbaro e seus habitantes e seus descendentes "incapazes" de criações artísticas.

A mostra apresenta trabalhos de Rosana Paulino (São Paulo), Jorge dos Anjos (Minas Gerais), Whashington Silveira (Paraná) e José Roberto da Silva (Paraná), e ganha importância ao reunir um conjunto de obras de importantes artistas que busca problematizar o olhar ocidental sobre a estética de matriz africana assim como conceitos de arte e de belo.

Serviço:
Exposição Africanidades
Período: de 25 de maio a 30 de julho de 2011.
De segunda a sexta das 09h00 às 18h00 e sábados, das 09h00 às 13h00.
Local: Museu de Arte da UFPR
Prédio Histórico da UFPR
Rua XV de Novembro, 695, 1º andar
Informações: 3310-2603


Fonte: Portal UFPR - Texto: Maria de Lurdes W. Pereira - Imagem: Obra de Jorge dos Anjos

Nenhum comentário: