terça-feira, 14 de setembro de 2010

Orquestra apresenta "Música de Câmara: Flauta em Foco" no TEUNI



A Orquestra Filarmônica da UFPR apresenta nos dias 23 e 24 de setembro no TEUNI o espetáculo "Música de Câmara: Flauta em Foco". A apresentação começa às 18h30, no entanto os ingressos serão distribuídos no local a partir das 18h00.


Um dos mais antigos instrumentos inventados pelo homem, a flauta acumula séculos de evolução e história. Desde o sec. XVIII, a flauta tem levado vários compositores a utilizá-la, seja pela sua habilidade como solista de um timbre muito peculiar, ora imitando a voz humana, ora imitando o canto de pássaros, ou seja pelo seu potencial virtuosístico e expressivo. O repertório apresentado neste programa passa por cinco séculos de música escrita no ocidente. As obras mais antigas, as “Canzone” de Gabrieli e Banchieri revelam a preocupação dos compositores do final do renascimento em expandir as possibilidades de um coral através de um conjunto de instrumentos de sopros, nem sempre com todos os instrumentos claramente determinados, no qual as flautas já faziam parte.

No sec.XVIII, com Vivaldi, a flauta já é usada como solista numa clara preocupação de contraste de timbres do instrumento de sopro com as cordas, assim como o outro instrumento da família, o flautim, aparece também como solista. No século seguinte, a flauta é explorada em conjuntos de câmara de instrumentos iguais e, em música para ocasiões mais sociais, ou puro entretenimento, deixando em parte, o seu brilho dos séculos anteriores. No sec.XX, o instrumento já construído com ligas metálicas apresenta uma técnica expandida e uma tessitura muito ampla. Depois do pouco destaque que tivera no século anterior, tendo sido relegado a um segundo plano como instrumento solista, é redescoberta como uma voz de possibilidades extraordinárias, como poderemos conferir na Balada, de Frank Martin.

O programa ainda traz obras do compositor nacionalista romeno George Enescu, do contemporâneo americano Elliott Carter, e uma estréia de Márcio Steuernagel, que usa da técnica de composição do compositor americano nas Peças para Tímpanos solo para fazer uma introdução a essas com um duo no qual explora a fusão das duas flautas em um só instrumento de percussão. O concerto será apresentado por membros da Orquestra Filarmônica da UFPR.

Serviço
Orquestra Filarmônica da UFPR - Música de Câmara: Flauta em Foco
23 e 24 de Setembro de 2010, às 18h30
Márcio Steuernagel – Regente, Harry Crowl – Diretor Artístico, Fabrício Ribeiro, Sílvio Jackel Neto – Flauta Solo
TEUNI – Entrada Franca (os ingressos serão distribuídos no local a partir das 18h00)

Nenhum comentário: