terça-feira, 31 de março de 2009

Curso aborda técnicas tradicionais e contemporâneas da gravura

Laboratório de Gravura do Departamento de Artes
Autor: Izabel Liviski

O Departamento de Artes da UFPR oferta a partir do dia 7 de abril mais uma “Oficina de Gravura”, uma formação que vem sendo realizada há dez anos e que anualmente traz para a Universidade artistas, estudantes, arte-educadores e outros profissionais interessados em artes visuais.

O curso estará aberto para a comunidade em geral, pessoas interessadas em pesquisar as possibilidades desse meio que abrange desde as técnicas tradicionais de gravura até os mais contemporâneos e atuais meios de reprodução da imagem. Funciona na base da orientação individual a partir do projeto de cada um.

Coordena o curso a professora Dulce Osinski que também ministra aulas junto com os professores Ricardo Carneiro e Paula Monteiro. A coordenadora explica que, além do trabalho prático em ateliê, o curso promove encontros semanais, conduzidos pelos professores orientadores, para discussão do trabalho dos participantes. “São também promovidos cursos de aperfeiçoamento, ministrados por artistas e teóricos da arte, convidados a mostrar seus trabalhos em gravura, a falar sobre seu processo criativo, procedimentos técnicos e a discutir teoricamente a gravura”, explica Dulce.

A formação funcionou até o ano passado como parte de um projeto de extensão e agora acontece apenas como curso, mas a filosofia continua a mesma: reunir um grupo de pessoas interessadas na produção e discussão da linguagem da gravura. O curso, que tem como pré-requisito alguma experiência na área da gravura, terá carga horária de 84 horas e aulas no período de 7 de abril a 24 de novembro, todas as terças-feiras, das 19 às 21h30. As aulas são realizadas no Laboratório de Gravura, na Rua Coronel Dulcídio, 638, Batel. Curitiba, PR.

Serviço:
Oficina de Gravura
Número de vagas: 44
Aulas: terças-feiras, das 19 às 21h30
Local: Laboratório de Gravura
Objetivos: promover a reflexão, a discussão e a prática da gravura enquanto
linguagem artística.
Inscrições e informações: Até o dia do início do curso pelo e-mail gravura@ufpr.br

Leticia Hoshiguti / Assessoria de Comunicação UFPR

Fonte: http://www.ufpr.br/adm/templates/index.php?template=2&Cod=4939

Leia Mais…

sexta-feira, 27 de março de 2009

Escolhido o cartaz do 19º Festival de Inverno


O cartaz escolhido foi o de DANIEL GERMANO DE ABREU, estudante de Tecnologia em Design Gráfico - UTFPR - 3º perído. Essa será a imagem que representará e definirá toda a identidade visual da 19ª edição do Festival. Foram ao todo 99 inscritos. A escolha do vencedor foi feita hoje às 14h pela Comissão Julgadora do concurso, formada pelos professores Eduardo Nascimento, Alberto Irineu Puppi e pelos designers Alexandre Magno e Wilson Voitena.

Agradecemos a participação de todos!


Em breve estaremos divulgando o novo website e mais novidades do que acontece e acontecerá em Antonina. Aguardem...

Leia Mais…

terça-feira, 24 de março de 2009

Saiba mais sobre o programa do Concerto de Abertura da Orquestra Filarmônica da UFPR

As obras apresentadas pela orquestra no próximo concerto são bem contrastantes entre si. Do compositor italiano Gioacchino Rossini, (imagem ao lado) ouviremos a abertura da ópera “Il Signor Bruschino”. Esta peça do início da carreira do compositor, que se tornou muito famoso pelo caráter cômico de suas obras teatrais, causou um certo rebuliço na época de sua estréia pelo fato de que o compositor pede aos violinistas que toquem um ritmo batendo com a madeira do arco no espelho do instrumento. Técnica bastante corriqueira hoje em dia, naquela época era algo totalmente inesperado. Essas aberturas eram executadas antecedendo o momento em que a cortina se levantava.


Dmitar Tapkoff é um compositor búlgaro muito importante no seu país, porém muito pouco conhecido fora de lá. Ele nasceu em Sófia, capital da Bulgária e estudou na Academia de Música. Ao longo de sua vida, ele atuou em diversas funções ligadas à intensa vida musical de seu país. Foi Diretor da Ópera Nacional de Sófia, da Rádio Nacional Búlgara, da Associação de Estudos de Arte da Academia de Ciências Búlgaras, além de Professor e Reitor da Academia Estatal de Música. Em sua música, busca um equilíbrio entre as técnicas desenvolvidas no séc. XX e as antigas tradições musicais tanto folclóricas quanto clássicas. O seu “Divertimento Rapsódico” é uma obra de grande efeito e inspira-se, de forma sutil, em ritmos folclóricos búlgaros. Essa obra foi estreada no Brasil pela Orquestra Filarmônica da UFPR, sob a regência de Denise Mohr, em 2008, e nos foi gentilmente cedida pela União de Compositores Búlgaros.


Um dos mais importantes compositores de todos os tempos, Ludwig van Beethoven (imagem ao lado) escreveu 9 sinfonias que formam, talvez, a série mais conhecida de obras da música ocidental. A Sinfonia no. 2 em Ré Maior, uma obra exuberante, foi escrita entre 1801 e 1802, num momento muito difícil da vida do compositor. Naquele momento, ele já começava a sentir os efeitos da surdez e se refugiou nos arredores de Viena, na vila de Heiligenstadt, para escrever essa sinfonia. A obra já apresenta um estilo romântico com contrastes abruptos que causou espécie na época. Há nessa obra uma quebra da linearidade que encontramos na música de seus antecessores, como Haydn e Mozart. Ela foi estreada em 5/10/1803 no “Theater and der Wien”, durante um programa extremamente longo constituído apenas de obras do compositor e, apesar disso, fez um retumbante sucesso.

Leia Mais…

segunda-feira, 23 de março de 2009

Orquestra apresenta Concertos de Abertura da Temporada Oficial 2009

Que tal começar o seu próximo fim-de-semana com música erudita da Orquestra Filarmônica da UFPR? A entrada é gratuita!

Foto: Douglas Fróis/PROEC


Nas próximas duas sextas-feiras, às 20h30, a Orquestra apresenta o seu concerto de abertura da 1ª temporada 2009. No programa, Giacchino Rossini, Dmitar Tapkoff, e Beethoven. A primeira apresentação, no dia 27, será no Canal da Música. A segunda, no dia 3 de abril, será no Teatro da Reitoria.

Confira o programa completo:

Gioacchino Rossini (1792-1868): Abertura da ópera "Il Signor Bruschino"

Dmitar Tapkoff (1929): Divertimento Rapsódico (1972)
I. Quasi Sonata: allegro
II. Canzona: largo
III. Ostinato: allegro

Ludwig van Beethoven (1770-1827): Sinfonia no.2 em Ré maior, opus 36
1o.mov.: Adagio molto; Allegro con brio
2o.mov.: Larghetto
3o.mov. Scherzo: Allegro
4o.mov. Allegro molto

Serviço:
Orquestra Filarmônica da UFPR - Concertos de Abertura da Temporada Oficial 2009

Local: Canal da Música (Rua Júlio Perneta, 695, Mercês)
Data: 27 de março, sexta-feira.
Hora: 20h30
Entrada franca

Local: Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299 - Centro)
Data: 3 de abril, sexta-feira.
Hora: 20h30
Entrada franca

Informações: 3310-2640 e 3310-2684

Leia Mais…

sexta-feira, 20 de março de 2009

Bailarina da TÉSSERA conquista Nova York

Foto: Arquivo TÉSSERA/PROEC

Juliane Biselli Silveira (foto), bailarina que freqüentou o Curso de Dança Moderna da UFPR e a Téssera Companhia de Dança foi aprovada para participar de dois cursos no “Limon Dance Company”, em Nova York: The Dance Training & Intensive, uma das companhias de dança mais concorridas e importantes do mundo.

A bailarina já se encontra nos EUA, aperfeiçoando seus estudos de dança.

Com informações: Rafael Pacheco - TÉSSERA/PROEC

Leia Mais…

Grupos Artísticos da UFPR se preparam para 1ª temporada 2009

Quem passa pelos corredores do prédio histórico da UFPR já pode perceber alguns sons diferentes no ar: são os Grupos Artísticos trabalhando. Pesquisas, ensaios, preparação de voz, aquecimento do corpo, afinação dos instrumentos, figurinos, cenários. Tudo isso faz parte da rotina dos nossos artistas até a estréia do espetáculo. O resultado vocês poderão conferir em breve. A partir do mês de abril começa a Temporada Oficial de Espetáculos no Teatro da Reitoria e no TEUNI – Teatro Experimental da UFPR. São apresentações inéditas, de alta qualidade artística e totalmente gratuitas.

Leia Mais…

quinta-feira, 19 de março de 2009

UFPR Cultural ganha novo cabeçalho


Agora toda vez que você acessar o UFPR Cultural, você verá uma imagem diferente representando as Unidades Artísticas da Universidade Federal do Paraná.


Por enquanto, são ao todo 7 fotografias. As fotos são de Douglas Fróis e Manuela Salazar. Tentamos deixar nossa logomarca com mais impacto.


Ao lado, você pode ver como estava o blog antes.



Nós queremos saber, o que você achou do nosso novo layout? Responda nossa enquete abaixo!



O que você achou de nosso novo layout?

Sensacional! Não paro de apertar F5 para ver todas as imagens!

Muito bom. Continuem inovando!

Nem percebi que mudou o layout...

Está ruim, mas tem salvação.

Que coisa horrorosa!














Leia Mais…

terça-feira, 17 de março de 2009

PalavrAção apresenta duas peças no Festival de Curitiba

Hoje começa o Festival de Curitiba, que irá trazer para a capital paranaense espetáculos culturais do Brasil todo e do mundo. O festival vai até 29 de março, e a UFPR não está fora dessa.

A Companhia de Teatro PalavrAção da UFPR irá apresentar duas peças no Festival: "A Casa de Bernarda Alba" e "Porque o Ogro Vermelho Chorou".



A Casa de Bernarda Alba é um drama escrito pelo espanhol Federico García Lorca que recorre ao realismo, à farsa e ao surrealismo para contar a história de Bernarda Alba, mãe rancorosa e em luto, e de suas cinco filhas. A obra é o único texto em prosa escrita pelo dramaturgo e é a última peça e a terceira da trilogia de dramas folclóricos de Lorca. Como fruto de pesquisa, música flamenca acompanha a peça.

A apresentação acontece no Auditório do Museu Oscar Niemeyer, no dia 24 às 21h. Os ingressos custarão R$ 10,00 e R$ 5,00.



A peça Porque o Ogro Vermelho Chorou conta a história de uma pacata vila de aldeões que recebe a visita de um ogro, seu mito vermelho, um ser totalmente diferente dos padrões da vila, despertando os valores e sentimentos de um grupo que respeita cegamente a imposição de regras sociais.

A apresentação acontece no Auditório do Museu Oscar Niemeyer, no dia 22 às 15h e 23 às 18h. Os ingressos custarão R$ 10,00 e R$ 5,00.

Não perca! :)

Leia Mais…

segunda-feira, 9 de março de 2009

PalavrAção: novas datas de inscrições e testes

Com informações de Paulo César (PC)/PalavrAção.

As datas para inscrições para participar da Companhia de Teatro PalavrAção da UFPR foram prorrogadas para até a próxima sexta-feira, dia 13 de março.

As datas para os testes também mudaram. Eles acontecerão entre 25 a 27 de março, das 16h às 19h.

Mais informações: PalavrAção - (41) 3310-2736, a partir das 14h.

Leia Mais…

sexta-feira, 6 de março de 2009

Respire Cultura!

video
Não consegue ver aqui? Veja no youtube!
Esse video foi exibido ontem pela primeira vez na Aula Magna que aconteceu no Teatro da Reitoria. A idéia da criação foi fazer algo que chamasse a atenção dos jovens. Assim ele começa com um "tapa na orelha", com o solo alucinante da música Chico Bumba, da banda Zirigdun Pfóin, uma das finalistas e premiada com Menção Honrosa no 3º Festival da Canção da UFPR, realizado em novembro de 1997. Escolhemos esse trecho pois ele é Rock 'N Roll e ao mesmo tempo tem também um tempero brasileiro, com um batuque que lembra muito a batida do triângulo. As fotos, todas de Douglas Fróis (com exceção da primeira foto que é de Manuela Salazar), foram escolhidas com o critério de serem as mais "espetaculares" possíveis, e para o ritmo das imagens buscou-se seguir a música. Enquanto eu editava, lembrei muito do comentário de um professor de cinema que uma vez disse que "para criar ação em uma produção audiovisual, basta por muita luz piscando e bastante pancada no ouvido" (!).

Como não é todo mundo que é fã de solos de guitarra, na seqüência foi exibida na íntegra a música Mais!, de Rafael Rosa, com melodia suave, no melhor estilo MPB, ao som calmo de voz, flauta e violão. Essa canção foi a segunda colocada na 1ª edição do Festival da Canção, em novembro de 1995. Foi escolhida para esse vídeo principalmente por causa da letra. A música é uma brincadeira inteligente sobre os "sonhos arrivistas" dos acadêmicos, e até mesmo de um público mais amplo que nunca passou perto da universidade. Através dessa música, dá até para entender como funciona o "carreirismo" de muitos professores universitários. Ela faz homenagem à Marilena Chauí e ao Macaco Simão. Queriamos uma música que as pessoas não se incomodassem em acompanhar a projeção, podendo ir se sentando nas poltronas do teatro enquanto o video rolava passando informações atuais sobre os eventos da Coordenadoria de Cultura.

Leia a letra, na íntegra:

Mais! - Rafael Rosa

"Ai, quem me dera se um dia
depois de formado
eu tivesse porta aberta
pra fazer um mestrado
Então ia transferido pra uma outra cidade
dando aula de assistente em universidade
vou ser convidado em toda vernissagem
alunos até me prestando vassalagem
Como no interior falta o que por no jornal
eu escrevo alguns artigos no caderno cultural

Ai, quem me dera se um dia

depois do mestrado
pelo nome de doutor
chegasse a ser chamado
Contratado adjunto não é nada mal
numa faculdade que é de fama nacional
indicado pra banca, fazendo extensão
Ser apresentado ao vivo a cada figurão!
Passando pelo rito dos iniciados
Tendo um texto na revista ilustrada publicado

Ai, quem me dera se um dia
bem acomodado
com um pós-doutoramento
eu fosse premiado
então ia realizar um sonho de criança:
ir pra Sorbonne, a Disneylândia intelectual da França
De efetivo em gabinete bibliotecado
Na Folha de São Paulo, no MAIS! comentado
Ter pela companhia um livro em todas as letras
mas satirizado no Jornal do Planeta

Brasil é isso aí
do Oiapoque ao Chauí
Oh! Marilena brasileira, diz aí
que Curitiba tem macaco
pra fazer o povo rir

Ai, quem me dera se um dia
Eu, já renomado
para o cargo de ministro
fosse indicado
Ia até aparecer no Jornal Nacional
e aumentar minha fama de intelectual
conhecendo Secretários e Chefes de Estado
e para a presidência já ser bem cotado
Deixar a majestade na sociologia
Pra nunca mais voltar pras aulas de academia

Brasil, é isso aí
do Oiapoque ao Chauí
Oh! Marilena, brasileira, diz aí
que o Brasil tá precisando
ter um Sartre por aqui".

Violão e voz: Rafael Rosa
Pandeiro, Tamborim, Coro: Ricardo Borges (o Rosinha)
Guitarra, Violão, solo, Cavaquinho: Eduardo
Baixo: Tuca
Flauta: Ana Paula Peters
Piano: Therciano

Leia Mais…

segunda-feira, 2 de março de 2009

CDM abre cursos de Extensão Universitária gratuitos

O Curso de Dança Moderna da UFPR oferta a partir deste ano dois cursos de extensão universitária gratuitos (TEÓRICOS) com carga horária de 30 horas à comunidade acadêmica da UFPR (alunos matriculados em qualquer curso da UFPR) que poderão utilizar essas disciplinas como “Atividade Complementar”. Os cursos são:

1- ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE MODERNA APLICADAS À DANÇA- 30 horas- todas as sextas-feiras (das 13h30 às 14h30)- local: Unidade Dança (prédio central da UFPR – praça Santos Andrade, 1º andar) - 20 vagas

2- TEORIAS DO MOVIMENTO NA DANÇA- 30 horas- todas as terças-feiras (das 15h00 às 16h00)- local: Unidade Dança (prédio central da UFPR – praça Santos Andrade, 1º andar)* 20 vagas

MINISTRANTE: Cristiane Wosniak (coordenadora pedagógica do CDM. Especialista em Artes e Mestra em Comunicação e Linguagens).

PERÍODO DE INSCRIÇÕES: De 02 de a 18 de março.
Horário: das 14h00 às 18h00
Local: Unidade Dança (secretaria) prédio central da UFPR (praça Santos Andrade, 1º andar). Informações sobre inscrições e sobre conteúdo: 3310-2708 (à tarde) com Cristiane ou Pacheco.

As aulas iniciam em março e vão até novembro.

(Com informações - Cristiane Wosniak/PROEC)

Leia Mais…